14
Sáb, Dez

Novembro Azul: Desfile motociclístico promove movimento pela vida

Talent penny variations suspect

Barueri
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
Texto: InServer
Foto: Divulgação

Na manhã de domingo (dia 10) aconteceu a primeira ação do programa “12 Tons Deles”, promovido pela Secretaria da Mulher. Um desfile motociclístico percorreu as principais ruas de Barueri e teve como objetivo chamar a atenção e promover a conscientização dos munícipes para o Novembro Azul.



O desfile foi uma parceria da Prefeitura de Barueri com o Moto Club Insanos Brasil. A concentração das mais de 150 motos ocorreu às 9h na frente do Ginásio José Corrêa. Os motociclistas passearam por várias ruas e avenidas de Barueri como a rua da Prata, rua Marte, estrada dos Romeiros, avenida Henriqueta Mendes Guerra, estrada Velha de Itapevi e avenida Brigadeiro Jordão, entre outras.

Os participantes do evento também puderam aproveitar, nas imediações do Ginásio José Corrêa, food trucks e um bom rock n’ roll, comandado pela banda Magh Rock.

“Para nós dos Insanos é uma grande honra sermos convidados para participar desse projeto. Nosso clube é novinho ainda, um pouco menos de quatro anos, e participar de uma campanha dessas para nós é muito importante, afinal de contas é uma causa mais que nobre, uma causa que salva vidas. Nós precisamos, sim, do engajamento de todos para que a campanha tenha sucesso. Estaremos juntos para contribuir cada vez mais e conscientizar que nós homens precisamos nos cuidar”, falou o diretor de disciplina do Moto Club Insanos, Edson Lopes.

Todo o programa “12 Tons Deles” é voltado para a saúde do homem. O objetivo é quebrar a barreira do preconceito que existe com o exame que detecta o câncer de próstata. A finalidade deste evento foi tratar o tema de uma forma mais leve, trazendo conscientização ao homem e a toda sua família. “Atualmente aproximadamente 60 mil homens são diagnosticados com tumor de próstata, sendo que 13 mil, infelizmente, evoluem a óbito. É um número muito considerável, precisamos dessa conscientização e quanto mais precoce for o diagnóstico, melhor é o tratamento”, finalizou o médico urologista Jair Pedralli Júnior.

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.