14
Sáb, Dez

Santos 1 x 1 São Paulo - Peixe abre o placar na Vila, mas Tricolor arranca empate

Futsal
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
Texto: Agência Futebol Interior
Foto: Rubens Chiri

O time da casa abriu o placar com Carlos Sánchez, ainda no primeiro tempo, mas os visitantes empataram na etapa final com Daniel Alves

Com o resultado, o Santos encerrou a sequência de cinco vitórias seguidas, mas segue há seis rodadas invicto, chegando a 65 pontos na terceira colocação.

O São Paulo acumula três jogos sem vitórias, sendo duas derrotas, e agora tem 53 pontos na quinta colocação, mas pode perder a posição para o Athletico-PR, que joga no domingo.

O público no estádio foi de 14.062 para uma renda de R$ 602.192,50.

A primeira chance do clássico foi do São Paulo logo aos dois minutos. Daniel Alves tocou para Tchê Tchê, que ajeitou para Pablo, mas o atacante finalizou mal. Aos seis minutos, o Santos respondeu. Evandro arrancou em velocidade e foi derrubado por Arboleda dentro da área. Na cobrança do pênalti, Carlos Sánchez bateu rasteiro no lado oposto do goleiro Tiago Volpi.

Mais tranquilo, o Santos seguiu criando as principais oportunidades no primeiro tempo. Eduardo Sasha recebeu passe de Carlos Sánchez na entrada da área e finalizou firme, exigindo defesa em dois tempos. Na parte final, o time da casa levou ainda mais perigo e desperdiçou duas chances: uma com Sánchez, que tentou de cobertura e outra com Evandro, que finalizou por cima.

SANTOS QUASE AMPLIA

O segundo tempo começou com a mesma velocidade e o Santos quase ampliou aos sete minutos. Jorge fez fila no lado esquerdo, invadiu a área, mas acabou se desequilibrando e caindo. Mesmo assim ele brigou pela bola e Eduardo Sasha foi acionado, que chutou de primeira para grande defesa de Volpi.

CASTIGO

O castigo veio na sequência, aos nove minutos, com veloz contra-ataque do São Paulo. Daniel Alves iniciou a jogada, Vitor Bueno arrancou pela esquerda e cruzou na segunda trave. Daniel Alves teve tempo de dominas e chutar firme para empatar.

A partir daí, o time tricolor cresceu no duelo e passou a criar mais chances, mas pecou nas finalizações, com Pablo, duas vezes, e Igor Gomes. O Santos voltou a responder com Marinho em duas oportunidades, uma delas em cobrança de falta perigosa. Apesar do jogo aberto no fim do duelo, o clássico terminou mesmo empatado.

PRÓXIMOS JOGOS

O Santos volta a campo no próximo sábado (23), às 21h, diante do Cruzeiro novamente na Vila Belmiro. Já o São Paulo vai à Fortaleza, onde encara o Ceará no Castelão, às 19h do domingo (24).

 

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.